Braziliex é a primeira corretora de criptomoedas a patrocinar um time de futebol
16/03/2018 20:52 em Esporte

A Braziliex, uma das principais exchanges de negociação de altcoins do País, acaba de fechar um patrocínio com o Clube Atlético Bragantino. Com o acordo, a exchange vai estampar sua marca na parte da frente da camisa do clube, além de também figurar em uma placa dentro do estádio. A veiculação dos anúncios ocorrerá neste domingo, 18, durante o jogo Bragantino x Corinthians, partida válida pelas quartas-de-final do campeonato paulista.
O patrocínio representa uma marco para o setor, já que nenhuma outra corretora de criptomoedas havia declarado seu apoio ao esporte.

“A presença da nossa marca na camisa do Bragantino faz parte da nova estratégia de marketing da empresa, que a partir de agora vai privilegiar investimentos na comunidade esportiva”, esclarece Ricardo Rozgrin, diretor da Braziliex.

Segundo Luiz Arthur Abi Chedid, vice-presidente do Bragantino, a ação faz parte de uma série de medidas de modernização que estão em andamento no Bragantino. “Precisamos sempre estar antenados às tendências do mercado. Já havíamos fechado outros patrocínios ligados às criptomoedas, sendo o primeiro clube do mundo a fazer esse tipo de negociação. Agora, também, podemos dizer que somos o primeiro do mundo a ter uma exchange como patrocinadora. Isso mostra que as criptomoedas já são uma realidade. Estamos muitos satisfeitos com a parceria com a Braziliex, mais ainda por ela ser uma empresa 100% brasileira, algo raro neste setor."

Criada pelos desenvolvedores Marcelo e Ricardo Rozgrin, a Braziliex é uma das principais exchanges de criptomoedas do Brasil. A corretora possui atualmente mais de 60 mil clientes ativos e opera com 16 criptos, oferecendo aos investidores acesso direto a elas por meio de reais. A empresa desenvolveu o próprio sistema de transação e conta com parceria de especialista em segurança bancária para garantir segurança às operações.

O jogo Bragantino x Corinthians ocorrerá neste domingo, 18h, a partir das 16h, no estádio do Pacaembu em São Paulo.

COMENTÁRIOS